quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Para ti, Podrezinho.

Para comentar no Youtube ou para veres os comentários que outras pessoas fizeram clica

AQUI.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Conversa com Jo Gonçalves sobre Xutos e EXvotos


Numa conversa com o baterista dos EXvotos, Jo Gonçalves, propus-lhe uma especie de entrevista sobre os Xutos numa tentativa de descobrir como estas duas bandas se cruzaram no meio musical.

O vocalista dos EXvotos, Zé Leonel, foi um dos membros fundadores dos Xutos & Pontapés. Quando os Xutos deram o seu primeiro concerto, nos Alunos de Apolo, em 1979, Zé Leonel era o vocalista da banda. Esteve nos Xutos quase dois anos.
Tudo isto facilitou, de certa forma, a comunicação entre estas duas bandas.
A intensificar esta amizade, Tim foi o produtor do primeiro e segundo álbum dos EXvotos.
A banda foi ainda convidada a gravar um tema à escolha dos Xutos.
Escolheram o single "Sémen", escrita por Zé Leonel, para celebrar os 20 anos de Carreira dos Xutos.
Partilharam o palco com mais 20 bandas na recepção do disco de Platina.

Jo relembra ainda que partilharam um avião para Toronto, no qual a animação esteve sempre presente:
"No avião foi uma ganda algazarra: contavámos anedotas , andávamos sempre a trocar de lugares , depois, quando aterrámos batemos todos palmas."

Ao perguntar o que lá faziam conversas engraçadas sugiram:
"Eu: Então e em Toronto o que fizeram?
Jo Gonçalves: Qual é a primeira coisa que um musico procura quando esta noutro país ?
Eu: Se fosse eu, procurava as Loja de Instrumentos do País .
Jo Gonçalves: Nem mais. É como os miúdos nas lojas de brinquedos."
Finalizou-se assim a viagem ao passado e ainda ficou no ar um convite para o ano ir-mos à Musicália (não me vou esquecer do convite.)

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Força...


Quem me conhece sabe a minha admiração pelo guitarrista dos Xutos, Zé Pedro.
Sabe que o desejo conhecer, mais que Tudo.
Mas hoje, uma má noticia percorreu a imprensa:

"Zé Pedro, guitarrista da banda Xutos & Pontapés, foi internado com uma hemorragia digestiva alta, encontrando-se, neste momento, estável e sob vigilância médica.
Devido à doença do músico, o concerto de passagem de ano dos Xutos & Pontapés agendado para a Torre de Belém teve de ser cancelado.
O guitarrista viajava do Porto para Lisboa quando sofreu a hemorragia e foi conduzido a uma urgência hospitalar do centro do país.
Os GNR vão substituir os Xutos & Pontapés no concerto de fim de ano que conta ainda com os Get Back The Beatles Tribute"


Fica daqui expresso o meu apoio ao Zé Pedro.

FORÇA!

Faíscas.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ainda no tempo do Zé Leonel

O Primeiro Vocalista pode ter saído dos Xutos, no entanto a música continuou presente na sua vida.
Fica uma música da actual banda do Zé Leonel, Ex-Votos:

domingo, 20 de dezembro de 2009

3 Doors Down, Be ME.

Eu a tocar. Comentem, Critiquem, Classifiquem.

"I'm here without you baby
But you're still on my lonely mind
I think about you baby
And I dream about you all the time
I'm here without you baby
But you're still with me in my dreams
And tonight, it's only you and me "

Cowboy Cantor - Xutos & Pontapés

"Onde está o pôr do sol
Onde possa descansar
No meio desta cidade
Não o consigo encontrar

Onde ficou a justiça
Que se devia aplicar
não pertenço a este mundo
Não consigo aqui ficar"

Gota a Gota - Xutos & Pontapés

" Gota a gota cai
A chuva no mar
Passo a passo sei
Onde quero estar
"
Eu sei onde quero estar.
Num palco a tocar Guitarra.
Num café a falar com os Xutos.
Sonho?
Não. Apenas uma Futura realidade

I Just want to Play.

30 Anos a Remar Contra a Maré.

"Desejo" - Xutos & Pontapés

"Pede um desejo
Pouco importa que seja
Este universo inteiro "
(Desejo - Xutos & Pontapés)


Em relação à música é indiscutível que vivo para ela. Mas quando falo dos Xutos & Pontapés há um brilho no olhar.
Para além das músicas, o que mais me fascina são as histórias que lhes vêem adjacentes.

Eles são tudo com o que eu Sonho.
Não me refiro à legião enorme de fãs que foram adquirindo, mas por serem das poucas bandas que sempre tocaram com alma, um banda que sente cada nota e cada acorde e sobretudo nunca, nunca terem desistido dos seus Sonhos.
Eu tenho sonhos, e a cada palavra que leio nos livros publicados sobre eles (Biografia do Zé Pedro e o Conta-me História - Xutos & Pontapés) dá-me mais força e coragem para realizar o meu sonho de ter uma carreira no mundo da música.

Para além deste sonho, partilho um muitíssimo maior.


Adorava poder estar com os membros dos Xutos.
Poder falar com eles.
Partilhar ideias.
Sonhos.

Considero que tenho uma cultura musical boa para a minha idade, oiço "boa" música.
Tenho o hábito de pesquisar novas bandas, mas sou fascinada pelos anos 60 e 80.
E, apesar da distância de idades que nos separa certamente nos iríamos dar bem.

...Sonhos...


sábado, 19 de dezembro de 2009

Bom Natal

Concerto de Natal, no Instituto de Odivelas.
Eu estou na Guitarra, de colants vermelhos (pois tinha estado a dançar minutos antes!)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Concerto

Concerto dos 30 anos dos Xutos & Pontapés daqui a pouco na RTP 1.
Ate já.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Saudade.

Há uma música que tem vindo a ganhar importância e significado na minha vida.
Negras como a Noite, dos Xutos.
Hoje, o Rui (O "Pai" da Grande Família da Super Fm) passou-a na Super Fm.
Posso apenas dizer que um sentimento se infiltrou no meu peito.


Saudade.

Algo que não estava habituada a sentir.
Algo que mal sabia o que era.
Algo que, por ser tão nova, não esperava a sentir tão cedo.
Enfim.
Saudades de quem todos os dias faz questão de me alegrar.


"Um homem trabalha
Do outro lado do rio
Com as suas duas mãos
Repara o navio
Está sozinho e triste
Mas tem de aguentar
Já falta tão pouco
Para poder voltar "

sábado, 12 de dezembro de 2009

"O Que Foi Não Volta a Ser"

"E o que foi não volta a ser
mesmo que muito se queira
e querer muito é poder
e o que foi não volta a ser."
(Xutos & Pontapés)

Foi esta uma das últimas músicas a passar na rádio que me acompanha.

Super FM.
Descrever esta Rádio é quase impossível. E não serei eu a pessoa indicada para a descrever.
No entanto não posso deixar de a referir aqui, no blog, visto que tanto apoio dá à Música.

Quem me conhece sabe bem a minha paixão por Rock e pelos anos 80, sabe que tenho imensa tristeza em não ter tido a minha juventude na altura em que ainda os Rolling Stones eram uns putos, na altura em que as Grandes Bandas Nacionais ainda tocavam no RRV. Na altura em que os GRANDES XUTOS ainda tocavam no RRV. E sabe bem a minha paixão por mostrar novas bandas ao pessoal, contar as histórias de cada banda...
Aqui, não sou eu que conto essas histórias ou que (re)descubro bandas dos "oldies", são pessoas fantásticas. Pessoas SUPER.

Já há muito que era necessário uma revolta na rádio, uma estação que passasse boa música, sem medos. Uma estação de Rádio que estivesse sempre actualizada no antigamente e no presente. Que mostrasse novas bandas, que apoia o que é Nacional e mostra o que de bom havia antigamente.

Sim, sou uma "pirralha" como carinhosamente sou apelidada pelos ouvintes e pessoal da Super, no entanto a minha Grande Paixão é, foi, e sempre será a Música do Antigamente.
Fazia-nos falta uma estação de Rádio que passasse Rock a qualquer hora. Entenda-se Rock, por BOM ROCK. Aquele Rock da Velha Guarda.
Para além da música que passa nas rádios é importante e fundamental ter bons locutores da rádio. Nesta rádio, isso existe.
Existe ainda um Director espectacular, o (Cota) do Rui, que tanto nos alegra com a Super Eleição e tanto nos distrai no Facebook.

Com isto digo,
"FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL VAIS CURTIR O ROCK'N'ROLL"


1997 Março

"Aqui estou eu não olho para trás
Só prometo o que sou capaz
O que há é o que estás a ver
Se queres melhor tens de fazer"
(1997 Março- Xutos & Pontapés)

"Negras como a Noite"

Porque hoje esta música faz todo o sentido:

"Um homem trabalha
Do outro lado do rio
Com as suas duas mãos
Repara o navio
Está sozinho e triste
Mas tem de aguentar
Já falta tão pouco
Para poder voltar "
(Negras como a Noite - Xutos & Pontapés)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

"Voar" - Tim


(Pára a música que está a tocar e coloca esta.)


Eu gostava de...
De quê?

Gostava de sentir o que é estar em cima de um palco.
Gostava de saber o que é ligar os fios das Guitarras antes dos concertos.
Gostava de saber como se faz um Soud-Check.
Gostava de saber como é sentir "stress" antes dos concertos.

Gostava de sentir o que é estar a ser ouvida.
Gostava de ouvir o roçar da palheta nas cordas.
Gostava de fazer acordes num palco.

Gostava de Voar por ai além
Gostava de sentir as luzes do palco baterem-me no rosto.
Gostava de improvisar.
Gostava de sentir a amplificação da minha guitarra.

Gostava de poder agradecer a quem me apoia.
Gostava de ouvir alguém cantar as "minhas" músicas.
Gostava que as pessoas soubessem que adoro música.
Gostava que soubessem que toco com o coração.
Gostava de ouvir as palmas de quem me apoia.

Gostava de poder tocar com o Zé Pedro,
Ou pelo menos conhece-lo.

Gostava de saber o que se sente depois de um concerto.
Gostava de agradecer a quem tinha estado presente.
Gostava de afinar a guitarra depois de tantas horas a tocar.

Gostava de seguir música.
Gostava de ser guitarrista
Oh...se gostava de tudo isto.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

É tão fácil fingir

Nas noites frias
O meu próprio nome tento esquecer
Tenho as mãos geladas
E ninguém para as aquecer.

Fazer novos amigos todos os dias
Beber uns copos e passear
Ou sair apenas para apanhar ar

Eu podia ser feliz.
Podia estar contente.
Podia ser amiga de toda a gente
Podia ser o que eu sempre quis.

Mas não, nada é assim.

É mais fácil eu ser fria
É mais fácil fingir que nem a mim me conheço
Fingir que sou tudo o que queria.
É tão fácil ser assim.

Ali, está alguém a dizer-me olá
Mas finjo não ver.
É tão fácil fingir,
É tão difícil Viver.

(Inês Oliveira)

domingo, 6 de dezembro de 2009

Classe de 79

"Não havia som
Não havia emprego
A vida escondia o seu segredo
Guitarras velhas
Garotas novas
Todos os dias eram dias de prova"

(Classe de 79 - Xutos & Pontapés)

"Heartless" - The Fray

Embora por vezes não apeteça, a minha Vida ainda são os estudos.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Cúmplicidade

"My body is burning
It starts to shout
Desire is coming
It breaks out loud
"
("Rock you like a hurricane" - Scorpions)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

"Tonto" - Xutos & Pontapés

Música do ano do meu Nascimento.

Colecção Xutos & Pontapés

Tenho vindo a fazer uma colecção. Uma colecção diferente e especial.
Logo na primeira saída da colecção, saiu um caderno com todas as letras dos Xutos, uma caixa arquivadora e um CD. E ao longo destes tempos têem vindo a sair CD's que no seu conjunto fazem o famoso "X".
Pessoalmente, digo e afirmo que é difícil de fazer a colecção, pois para os postos de venda são mandados CD's em número muito reduzido.
No entanto, isto faz com que me sinta "especial" e estúpidamente feliz por ter conseguido fazer toda a colecção.
Os Xutos movem gerações.
Os Xutos moveram-me a mim.

domingo, 29 de novembro de 2009

RRV

"Terei, terei mais uma vez a forca
Para enfrentar tudo de novo
"
("Longa se Torna a Espera" )

Emoções.

Eu digo que não são amigos.
São irmãos.

Amizade

"Porquê desafiar-te, se és superior?
Porquê negar-te, se existes dentro de mim?
Porquê ousar ser como tu, se me sobreviverás?
Porquê temer-te se és minha semente?"
(Fernando Ribeiro - Moonspell)

Passado

"O sonho é a chave da vida."

"In the army" - Status Quo

"Is this illusion or reality?"
(In the army" - Status Quo)
Isto é muito mais que um simples sonho.

"Sem Eira nem Beira" - Xutos & Pontapés

Meus amigos, isto é Punk P.U.R.O.

"Há Qualquer Coisa" - Xutos & Pontapés

"Há qualquer coisa que se esconde em ti
Que me seduz e dá cabo de mim"

"Manhã Submersa" - Xutos & Pontapés

"O frio aperta na manhã submersa
entra a neblina com o sol a nascer
contando os passos para se entreter
lá vai ele, ainda a sonhar "
(Manhã Submersa - Xutos & Pontapés)

"Conta-me histórias - Xutos & Pontapés"

"Conta-me histórias daquilo que eu não vi."
(Conta-me histórias - Xutos & Pontapés)

Gary Moore


Hoje apetece-me ouvir Gary Moore.

sábado, 28 de novembro de 2009

"Welcome to the Jungle" - Guns n'Roses

"Welcome to the jungle
We got fun 'n' games
We got everything you want"
("Welcome to the Jungle" - Guns n'Roses)

Rock Life
















Rock is more than music.
Rock is a way of Life.

"Circo de Feras" - Xutos

"Nunca dei um passo que fosse o correcto"

Autografos

Um dia serei eu a sortuda.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Memories.

Memories.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

"Psycho Killer" - Talking Heads"

"I'm tense and nervous and I can't relax
I can't sleep, 'cause my bed's on fire
Don't touch me I'm a real live wire."
("Psycho Killer" - Talking Heads")

"Sémen" - Xutos

"Sémen, sémen semente
Um corpo que sái do corpo da gente"

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

"I'm All Right" - Rolling Stones

(Instituto de Odivelas)

"I feel alright I feel alright
I feel alright I feel alright"
("I'm All Right" -Rolling Stones)


Tenho um sonho, e hei-de o conseguir realizar.

Kalú


"Uma vez na tornée calhou-me ficar no mesmo quarto com o Botas e combinámos fazer uma partida ao Tim que estava no quarto ao lado. Eu fui buscar um copo cheio de água e, naquela porreira, fui à varanda, chamei o Tim, calculei bem... e encharquei-o todo, Eu e o Botas ficámos a rir à gargalhada na cara dele.
Quando à noite voltámos ao quarto comecei naquela conversa com o Botas, estilo "Oh Botas, já lavaste os pés?, deixa as botas na casa de banho e fecha a porta!" - era a conversa do custume, porque ningém imagina como cheiram os pés do pessoal ao fim de andar uma semana na estrada sem direito a banho. Deitei-me, e senti um cheiro danado. Até adormecer chamei todos os nomes ao Botas, em pensamento: "Filho da puta, enganou-me, agora tenho que levar com este cheirete..." Na mesma altura, e sem eu saber, estava o Botas a pensar o mesmo de mim. Quando acordei, o cheiro estava mais pestilento que nunca, parecia que estava enfiado no meu nariz... Foi aí que o Tim apareceu de carinha de água ... "Venho buscar as minhas meias..."
Pois é, o gajo para se vingar tinha metido as meias entre a fronha e a almofada.
Umas meias que tinham mais de cinco dias de uso..."


(Kalú, in Conta-me Histórias, Xutos & Pontapés)

Zé Pedro


"Pois foi... Comprámos todos daquelas pistolas de fulminantes, chapéus mexicanos e tambores...
Bem, era uma cena de nem passar pela cabeça. Fartáva-nos d disparar à entrada das povoações e dávamos gritos como se fôssemos fazer um assalto... Um dia estávamos nessa quando ouvimos um comboio, pussemos lenços a tapar a cara e desatámos aos tiros pendurados da janela da carrinha...Mas o comboio apareceu do outro lado. Estávamos mal posicionados!"

(Zé Pedro, in Conta-me Histórias, Xutos & Pontapés.)

Gui


Num fim-de-semana em que houve problemas com as dormidas o Tenrinho ficou sem quarto. O Gui acordou durante a noite para ir à casa de banho e viu-o deitado no chão do corredor a dormir. O Gui ainda estava um bocado b'zana, porque o pessoal tinha passado a noite a beber tequillas-rápidas, então começou numa choradeira que acordou a meia-pensão, por fim levou o Tenrinho para o quarto dele. O Gui bebia, mas ficava sempre muito fresquinho, e logo de manhã fartava-se de falar. A malta só dizia: " Eh pá, oh Gui, aguenta lá lá um bocadinho, ainda não..."

Ele é lixado, um dia veio de Vida Praia de Âncora até Lisboa, 400km, horas e horas de viagem sem se calar...pimba-pimba-pimba e para nos gozar dizia: "Vou-me calar durante o próximo quilómetro", calava-se dois segundos e gritava: "Eeeeeeh acreditaram!"


(Pedro Lopes, in Conta-me Histórias, Xutos & Pontapés.)

Guitarrstas

Como "guitarrista" que sou tenho alguns guitarristas de minha preferência.


  • O meu maior ídolo que me levou a gostar tanto de guitarra foi o Angus Young (AC/DC);




  • Depois Keith Richard é indiscutivel pertencer à lista!



  • Joe Satriani já deu mais que provas que solos é com ele.



  • E para terminar em grande, estes senhores que não necessitam de apresentações


Pensamentos & Opiniões


Parece que já quase ninguém se interessa muito por Música.
Estes novos formatos para ouvir música, como o MP3, têm tirado aos jovens a ideia da essência da Verdadeira Música e o Espírito Musical. Muitos já chegam ao cúmulo de não saber como é fazer música e como é que surgem novas bandas.

Bandas Rock e Alternativas fazem falta.
E mais falta ainda faz estações de Rádio que a divulguem.
Actualmente algumas bandas Nacionais têm conseguido alguma notoriedade, é o caso dos Tornados, Pontos Negros, e os Golpes.

"Nós dois" - Xutos



"Posso-te sorrir no escuro
E pensar que tu nem ves
Posso-te beijar com os olhos
E pensar que tu nem sentes."
(Nós dois)

"Forever Young" - Alphaville

Navios



Reparei que os Xutos se referem inúmeras vezes ao mar e a barcos.
Não sei o porquê.
Um dia saberei.
Quando os conhecer.


"Sozinho na noite
um barco ruma para onde vai.
Uma luz no escuro brilha a direito
ofusca as demais." (Homem do Leme)

"Um homem trabalha
Do outro lado do rio
Com as suas duas maos
Repara o navio." (Negras como a noite)

"O estranho brilho da areia molhada
Mergulho verde nas ondas do mar." (1º de Agosto)

"Fazer-me ao mar, num dia negro
Vou embarcar, num barco grego." (Barcos Gregos)

"E quando eu apanhar finalmente
O barco para a outra margem." (Longa se Torna a Espera)

"Baby I Love You" - Ramones



"Have I ever told you
How good it feels to hold you?
It isn't easy to explain "
("Baby I Love You" - Ramones"

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Rolling Stones & ChickenFoot

Estou num dia "mau", em que me apetece partir tudo.

Literalmente.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

"Bohemian like you" - Dandy Warhols

"And i'm feeling so bohemian like you
yeh I like you."

...Para quem pensa que eles não cantam:

Zé Pedro é um músico português, guitarrista e o fundador dos Xutos & Pontapés.
O seu nome completo é José Pedro Amaro dos Santos Reis e nasceu a 13 para 14 de Setembro de 1956 na maternidade do Hospital Militar da Estrela, em Lisboa.
Zé Pedro fundou os Xutos , ao colocar um anúncio no jornal: "Baterista e baixista precisam-se para grupo punk". O Zé Pedro é conhecido pela sua enorme alegria em cima do palco e fora dele.
Apesar de ser o guitarrista ritmo da banda, ele é considerado um ícone para o rock português.

Em meados dos anos 90, durante uma pausa dos Xutos, participou em conjunto com o colega de banda, Kalú, na banda de Jorge Palma, Palma’s Gang.



------------------------------------

João Cabeleira é o guitarrista solo dos Xutos & Pontapés desde 1983, quando veio a substituir Francis (até então, guitarrista de solo da banda).
A sua carreira não passou só por esta banda, tendo-se destacado a sua participação nos Vodka Laranja, dos quais foi o fundador.
É hoje em dia, considerado pela crítica, um dos melhores solistas portugueses.
Nascido a 14 de Agosto, pode ser interpretado por muitos como sendo mal-humorado ou pouco sociável, mas na verdade a sua alegria e boa disposição estão sempre presentes, apesar de em palco isso não ser notório, pois prefere dedicar mais da sua atenção à música em si, do que à actuação, sendo uma presença essencial no som dos Xutos e Pontapés.



-------------------------------------------

Kalú nasceu no Porto, 29 de Julho de 1958) é um baterista português que actua na banda de rock Xutos & Pontapés.
Com 12 anos, foi viver para Lisboa.

Mais tarde respondeu a um anúncio de jornal onde pediam um baterista para um banda rock, os Xutos & Pontapés.
Kalu foi baterista também do Palma's Gang, onde contava com Zé Pedro, guitarrista dos Xutos & Pontapés.

"Friends Will be Friends" - Queen

Discos em Vinil










"Wind of Change" - Scorpions

Gostava de ter tido a minha juventude nos anos 80.

Seria divertido poder ver e ouvir as bandas que surgiram nessa altura através do RRV.
Só de imaginar poder ouvir bandas como os Xutos; GNR; Go Graal Blues Band; UHF; Jafumega; Heróis do Mar; Táxi; Radar Kadafi,;Quinta do Bill; Projecto Azul; Mler Ife Dada; a banda do João Cabeleira: THC, ainda no inicio da sua carreira seria fantástico.

Hoje em dia pouca música é feita com o coração, há "música comercial" em excesso.
É altura de mudar isto.