segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

É tão fácil fingir

Nas noites frias
O meu próprio nome tento esquecer
Tenho as mãos geladas
E ninguém para as aquecer.

Fazer novos amigos todos os dias
Beber uns copos e passear
Ou sair apenas para apanhar ar

Eu podia ser feliz.
Podia estar contente.
Podia ser amiga de toda a gente
Podia ser o que eu sempre quis.

Mas não, nada é assim.

É mais fácil eu ser fria
É mais fácil fingir que nem a mim me conheço
Fingir que sou tudo o que queria.
É tão fácil ser assim.

Ali, está alguém a dizer-me olá
Mas finjo não ver.
É tão fácil fingir,
É tão difícil Viver.

(Inês Oliveira)

2 comentários:

Anónimo disse...

Adorei.

Porque nao uma musica com isto?!

Anónimo disse...

Realmente adorei isto.
Tens mesmo jeito.